Pensar um Brasil Melhor

Pensar um Brasil melhor

[No sentido de colaborar na tentativa de buscar uma solução para o Brasil, tornando-o mais eficiente e tirando-o da miséria em que a grande maioria se encontra- :educação, saúde, saneamento básico e segurança]
 
Urquiza Alvim propõe Reflexões aos Poetas Del Mundo-Brasil, para que à partir das mesmas possamos descrever ações e propostas para um Brasil Melhor.
Leia, reflita e apresente sua contribuição.

Reflexões:
As indagações que devemos fazer:

I.   Como seria o País de seus sonhos?
    
II. Como seria o Brasil caso você de repente desenvolvesse o poder de mudá-lo a seu bel prazer?

III. Você preferiria que houvesse educação de graça para todos ou cada um deveria poupar para pagar a escola que quiser?

IV. Você pagaria mais impostos para o Estado cuidar dos pobres ou pagaria menos, para gerar empregos?

V.  Você preferiria ter aposentadoria obrigatória ou arcaria com suas próprias decisões durante a juventude, poupando quanto você quisesse se você quisesse? A polícia seria mais dura com o crime e correria o risco de avançar sobre algumas liberdades individuais? Mais igualdade ou mais liberdade?

VI. Cada povo deve fazer esses questionamentos e decidir como construirá seu futuro. Diferentes respostas para as perguntas acima farão surgir diferentes modelos de nação, alguns implantados com mais sucesso e outros com menos.
      
VII. Nós, autores desse texto, com a mediação da Ana, faremos o mesmo e criaremos a nossa própria visão do que seria o Brasil ideal para nós.

VIII. Algumas das idéias aqui expostas são bastante inovadoras, outras fazem parte do dia-a-dia das sociedades dos países que chamamos de desenvolvidos. Para muita gente, este texto parecerá um tanto radical, outros acharão que as propostas aqui contidas serão meras fantasias impraticáveis.

IX. No entanto, o que podemos garantir é que as análises realizadas são honestas e coerentes com os nossos princípios. Garantimos também que estamos oferecendo uma visão bastante concreta para o País.
      
X.  Não somos ligados a nenhum partido ou movimento político; não temos receio de pisar nos calos de ninguém. Tampouco pretendemos deixar o leitor ao final do texto com uma coletânea de chavões sem utilidade.

XI. Nossa única ideologia é o que a nossa inteligência e o nosso bom senso nos dizem ser o certo. Concordando ou não o leitor com a nossa forma de ver o Mundo, esperamos pelo menos que as idéias aqui colocadas provoquem a sua reflexão sobre o assunto. Está lançado o desafio.
     Vamos começar?

      Urquiza Alvim
[Mande sua Colaboração. ]

10 comentários:

insensato e calamitoso disse...

Agradeço-lhes o interesse em rediscutirmos as instituições brasileiras, tornando-as mais eficientes e justas. Peço-lhes corrigir o meu nome de URTIGA PARA URQUIZA. Grato

sogueira disse...

Um Brasil onde a confiança, a honestidade, igualdade entre a humanidade virasse epidemia incurável e nunca mais acabasse, as portas ficassem abertas, os muros caíssem, e todos comungassem do mesmo respeito como seres civilizados. A barbárie nunca acabou continua intacta.

Carlos Magno disse...

Para que tenhamos um país melhor é preciso que haja mais justiça.
O pôvo está cansado de promessas ilusórias.
Carlos Magno

Ana Maria disse...

Companheiro Urquiza,
Sua iniciativa foi de muita valia. Se todos colaborarem com esta pesquisa teremos um Brasil melhor.
O Brasil está precisando voltar em suas escolas o ensino de ética, ecologia e cidadania. Nossos alunos não sabem mais o que é pátria. Com esta iniciativa teremos um país mais educado,limpo e teremos orgulho de aqui habitar. Abraços, Ana Maria

Rosa DeSouza disse...

O meu sonho é um povo saudável física e mentalmente.1)No mínimo, o primário teria de ser obrigatório.2)A escola não é igreja, deveria ser obrigatório uma classe de ética, nunca de moral. 3)Classe de auto-estima, principalmente para mulheres. 4)classe de direitos e deveres civis, numa linguagem clara e de acordo com as idades.Tudo isso é mais importante do que catecismos que nos dizem sermos pecadores desde que nascemos - início de uma educação de rejeição. Desde o primário levar os alunos a visitar fábricas e indústrias de forma a estimular tendências natas, as quais na maior parte dos casos nunca são descobertas.5)Estimular a criança a ler desde a pequena infância. 6)Diminuir o número de novelas e aumentar programas culturais que nao sejam enfadonhos, a)como viagens a outras culturas. b)mostrar outras formas de viver onde a violência, a miséria e a ignorância não sejam o principal fator.Com isto mostrar outros horizontes com o fim de estimular vontades. Fico por aqui... Por um mundo melhor.Rosa DeSouza

mariocelio disse...

Pensar em um país melhor é se preocupar menos com o sigilo das informações e mais com a honestidade das intenções. Quem age com honestidade não se preocupa se tem alguém quebrando o seu sigilo. As informações, financeiras e fiscais, de candidatos a cargos públicos, deveriam estar disponíveis para os adversários e eleitores e assim não haveria espaço para a venda a revistas e outras mídias, nem tiraria o foco do eleitor.

Virgínia Alvim disse...

Um país melhor começaria pela Reformulação da Educação Básica, onde o indivíduo aprenderia línguas, noções da ciência, história geral e os verdadeiros valores da humanidade. Hoje, com o capitalismo, se aprende que no final de toda a trajetória e do esforço do estudo é que devemos somente consumir para termos prazer.

Gladyson disse...

A educação é o princípio... antigamente tinhamos um ensino publico de excelencia tanto no qualitativo quanto no quantitativo. Para um pais melhor precisamos resgatar os valores éticos e morais que acabaram, e aniquila a corrupção e o "jeitinho" que gera violencia, impunidade... Todos deviam se direcionar ao bem comum.

Anônimo disse...

tudo começa na sua casa seu bairro e sua cidade...
com seus atos

Sidnei Piedade disse...

Quero ver como antigamente passeando pelas ruas e ver crianças a brincar, pois a alegria daqueles tempos temos que fazer voltar. Por favor ajudem o nosso país a se encontrar, nossas crianças precisam de um lar e liberdade para brincar temos a obrigação de ajudar. Vejo tanta gente sofrendo e nossas crianças jogadas e abandonadas nas ruas ou em qualquer lugar, sem contar o ser irracional que só pensa em roubar e matar, pois temos que dar um basta, e encontrar uma forma de fazer com que o poder aquisitivo pare de funcionar. É cômico, mas é a mais pura realidade do nosso país. Queria ver nossos governantes, fazer justiça tomar partido e ajudar, pois nossa gente não tem condições para comprar o caderno a água e o pão, pois isso é a realidade da nossa nação. Queria ser o agasalho para aquecer minha gente semeando este amor que parte do meu coração. Vou levando a vida sem medo de errar...e espero que seja assim e na santa paz vou caminhando até meus objetivos alcançar. Viva á vida e procure o caminho do bem, pois a vida vai muito mais além...não procure voltar atrás, pois nada é perfeito e do jeito que a gente quer...pois leve a vida do jeito que der e saiba que você é capaz. Quero ver você ajudando nossas crianças e encaminhando-as para o caminho do bem...pois o mal e drogas, estão em qualquer lugar. Tenha fé, pois ela é a chama viva que alimenta nossos corações é digno de glória e louvor. Senhor atenda meu clamor...pois antes de partir quero ver realizado esse sonho que existe em mim. Brasil que amo, te quero justo e ético_Texto_Sidnei Piedade